quarta-feira, 25 de março de 2015

Cinema: Cinderela

 Olá pessoal! Estréia essa semana a nova releitura do filme "Cinderela", da Disney. E quem se destaca no filme é Cate Blanchett, como a madrasta da má da mocinha. De acordo com os críticos cinematográficos, o filme mantém a história original.

"Cinderela" traz também um curta inédito com os personagens do filme "Frozen", chamado "Febre Congelante".

O filme estreou no domingo passado nos EUA e estreou muito bem, com 70 milhões de dólares. Dizem que o motivo de tanto sucesso foi o curta inédito  do filme "Frozen" antes do longa começar.

O filme é bem "British", o diretor é o Kenneth Branagh, um diretor shakespeariano de teatro. E ele dirigiu o filme cuidando muito bem da estética, dos textos e todos os atores tiveram o sotaque afetado.

A atriz que faz a Cinderela, Lily James, interpreta também a Lady Rose MacClare, em Downton Abbey. O príncipe é o ator Richard Madden, que veio de Game of Thrones. No elenco, está também a atriz Helena Bonham Carter, que faz a fada madrinha. Enfim, o filme é puramente inglês e até a Cate Blanchett, que é australiana, está com o sotaque britânico impecável!



A ideia do curta é o aniversário da Anna e a Elsa no dia fica resfriada. E quando a rainha do gelo espirra da problema, né...



E uma curiosidade pra quem gosta de moda é que a joalheria Swarovski criou 400 sapatinhos de cristal e desses 400, virão 20 para o Brasil, custando 800,00.



quarta-feira, 18 de março de 2015

Tecnologia + Moda

Esse novo tema de "tecnologia vestível" está muito em alta pra quem gosta de moda e tecnologia. Todo mundo já viu ou ouviu falar de roupas tecnológicas, como aquelas do ar condicionado, mas as empresas que fazem essas roupas não se preocupavam muito com o design das peças. Então, as empresas de tecnologia começaram a se aproximar das empresas de moda, para tornar essas tecnologias vestíveis desejadas. 

 Está acontecendo agora, no Texas, um ciclo de palestras para discutir justamente  os avanços dos drones "vestíveis". 

Uma grande novidade é um relógio com câmera, que sai voando do pulso e faz selfies. 


Adeus pau de selfie!



segunda-feira, 9 de março de 2015

Exposição Jeanne Lanvin e o Dia Internacional da Mulher

Ontem foi dia oito de março, mais conhecido com "Dia Internacional da Mulher". E para comemorar essa data que, infelizmente, nós mulheres, ainda precisamos, eu vou dar uma dica de moda e arte lá de Paris. A exposição que começou ontem traz a retrospectiva do trabalho da estilista francesa Jeanne Lanvin, que foi muito importante para a construção da história da moda.

Quando falamos da marca Lanvin hoje, pensamos na famosa marca francesa desenhada pelo Alber Elbaz que é um super estilista. Mas essa marca é a  mais antigas da moda francesa em atuação. Começou em 1885 como chapeleira e foi a primeira estilista a trabalhar além da roupa, o que a exposição mostra bem. Hoje em dia, vemos muitas marcas investirem em "lifestyle", ou seja, vesse muito confecções famosíssimas abrirem hotéis, restaurante e a Lanvin fez isso bem antes.

Após lançar a chapelaria, ela abriu uma loja de moda feminina, depois uma loja de roupas infantis em homenagem a sua filha, depois uma loja de lingerie, uma só de peles, uma de decoração e uma de roupa esportiva. OBS: Naquela época ninguém tinha pensado em fazer nada nesse sentido, ou seja, Jeanne era uma mulher muito a frente de seu tempo.

A exposição, além de ser uma grande aprendizagem sobre a história da moda, é deliciosa de apreciar e a curadoria não é cronológica. O organizador da exposição afirmou que não queria cronologia, pois o importante é conhecer o trabalho dessa mulher incrível e como ela fazia essas roupas, não quando ela fez.

Pra quem for dar um pulinho em Paris passa no museu da moda parisiense.








E para encerrar com chave de ouro e mandar um recado para todos os homens e mulheres desse mundo, o discurso da Emma Watson na ONU, que em minha opinião, não precisa de comentário:






quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Oscar 2016 e o Desfile de Moradores de Rua

 O Oscar 2015 mal acabou e críticos de cinema já estão palpitando sobre os possíveis indicados ao Oscar do ano que vem.

Entre os filmes favoritos para a premiação cinematográfica estão um filme dirigido por Steven Spielberg, que é baseado em uma história real de espionagem durante a Guerra Fria, um advogado americano é recrutado pela CIA e tem Tom Hanks e Amy Adams no elenco. Um outro palpite é a atriz Maryl Streep, que é indicada todos os anos! Ela pode receber sua vigésima indicação por dois filmes que vão estrear esse ano, um deles é passado nos bastidores do roçk, onde Maryl faz uma cantora. Ou tro filme é o "The H8ful Eight", de Quentin Tarantino












Ainda falando sobre Oscar, uma ONG portuguesa produziu um desfile estilo "tapete vermelho" para moradores de rua em Lisboa. A organização não governamental se chama "Comunidade e Paz", eles tiveram a ideia de enquanto as celebridades desfilam vestidos e smokings maravilhosos no tapete vermelho, moradores de rua desfilariam seus "looks" no tapete da rua.  É um trabalho muito emocionante, pois essas pessoas de rua chegaram lá com roupas rasgadas e talvez as únicas que eles tem, enquanto os famosos de Hollywood desfilaram peças de preços absurdos no Red Carpet, e a ideia foi realmente essa, fazer o mundo refletir sobre essa disparidade entre as roupas dos moradores e as roupas do Oscar.








segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Oscar 2015

Ontem foi noite de gala em Hollywood, foi noite de Oscar. E os grandes vencedores da noite foram os filme "O Grand Hotel Budapeste" e "Birdman", mas o longa "Boyhood"  que teve muita expectativa, não levou mais que uma estatueta e foi para a atriz Patricia Arquette que não era muito conhecida antes do filme.

"O Grand Hotel Budapeste" ficou com prêmios mais técnicos, como melhor figurino, maquiagem, cenário e melhor trilha sonora, somando quatros estatuetas.

Já o filme "Birdman", ganhou prêmios mais "significantes" para quem assiste o filme. Eles levaram melhor filme, melhor diretor, melhor roteiro original e melhor fotografia, também com quatro estatuetas.

Quem ficou com o prêmio de melhor ator foi o inglês Eddie Redmayne, de "A teoria de tudo". Para Eddie ficar nas posições do personagem ele teve que ter acompanhamento de um fisioterapeuta. Porém, muito crítico de cinema discordam do merecimento de Redmayne e disseram preferir Michael Keaton, de "Birdman".



Ele também foi considerado o homem mais elegante da noite, de acordo com os especialistas em moda.

Quem levou "melhor atriz" foi a merecidíssima  Julianne Moore, ela tinha sido indicada outras cinco vezes e ainda não tinha ganhado. Com cinquenta e quatro anos e um vestico Chanel ela subiu ao palco para pegar o Oscar pelo filme "Para sempre Alice", onde ela interpreta uma mulher com Alzheimer. 
Esse ano, o Brasil foi representado por um documentário franco-brasileiro, " O Sal da Terra", mas foi desbancado por "CitizenFour".

Outras categorias
Melhor ator coadjuvante: J.K. Simmons ("Whiplash")
Melhor roteiro adaptada: Graham Moore ("O jogo da imitação")
Melhor filme em língua estrangeira: "Ida" (Polênia)
Melhor animação: "Operação Big Hero"
Melhor montagem: Tom Cross ("Whiplash")
Melhores efeitos visuais: "Interestelar"
Melhor canção: "Glory" ("Selma")
Melhor mixagem de som: Whiplash
Melhor edição de som:" Sliper Americano"
Melhor curta-metragem: "The phone call"
Melhor animação em curta-metragem: "Feast"
Melhor documentário em curta-metragem: "Crisis Hotline: Veterans Press 1"




O apresentador da cerimônia, Neil Patrick Harris apareceu só de cueca no palco fazendo referência ao filme "Birdman"


Lady Gaga cantou lindamente na homenagem aos cinquenta anos do filme "A Noviça Rebelde", no final ela foi aplaudida de pé e se emocionou quando a atriz Julie Andrews que interpretou a noviça veio abraça-la.






                                                                                                                                                                           



terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Moda Sertaneja

Olá galera! Hoje a dica é de moda. Estamos vendo que muitas músicas sertanejas estão nas paradas e com elas vem o estilo dos cantores e cantoras desse gênero musical. Tem Luan Santana, Paula Fernandes, Victor & Leo e muitos outros que estão fazendo bastante sucesso atualmente.

Esses cantores buscam muita influência na moda country americana e elementos desse movimento dos anos 40, mesclando tendências atuais com características do sertanejo.


O Luan Santana tem o estilo mais street, ele prefere coturno ou tênis do que a famosa bota sertaneja, e mistura camisas xadrez com camisetas e jaquetas. Ele vem evoluindo bastante seu estilo de uns tempos pra cá.



A Paula Fernandes já incorpora mais o estilo, ela usa bota, jeans e adoro cintos mais grossos.


Dos artistas internacionais que usam e abusam desse estilo a Taylor Swift é a principal, apesar de ter mudado bastante seu estilo musical, ainda usa elementos do country para se vestir.


Ela não dispensa um vestidinho fluido, ama botinhas e os chapéus sempre arrebatam seu look.

Algumas imagens de street style com elementos coutry para vocês se inspirarem e apostarem nessa tendência!

















Get the Look