quarta-feira, 13 de junho de 2012

Eu tenho eu mesma...

Eu tinha um pensamento que sempre tinha que estar com alguém pra estar feliz, agora vejo que não. Não preciso estar com ninguém pra estar feliz. Eu dependia tanto de uma pessoa, era tão presa a ela, que não ligava mas pra mim, eu só pensava nela.
 Agora eu vejo mas eu mesma, curto mas eu mesma, porque não basta ter amigos, namorado, notas boas, família, ter tudo, se você não tiver a você mesmo, se você não tiver paz. Nós temos que nos amar, que nos aceitar, que nos satisfazer, esquecer um pouquinho a opinião alheia, porque o ser humano é egoísta e insaciável, ninguém nunca ta satisfeito com nada, todo mundo quer sempre mais e mais...
 Agora tenho mais sonhos, tenho mais auto estima, tenho mais tempo, tenho mais eu mesma. Não estou dizendo que o amor não é importante, pelo contrario, acho o amor a coisa mais importante do mundo e continuo frisando que  é  impossível viver sem ele, mas não é só o amor entre um casal, entre um homem e uma mulher, existe o amor fraterno, o amor da família, é inexplicável um abraço de mãe, um aconchego do pai na tarde de domingo,uma comidinha da vovó, um "upa" do vovô, um conselho, uma conversa, um carinho.
 Ontem foi dia dos namorados, confesso que me importava bastante com essa data antigamente, mas agora não ligo mais, vi que o amor da família é mais importante, é preferível não ter namorado do que não ter pai, não ter mãe, não ter alguém em que você se baseie,alguém que está sempre do seu lado, alguém em que se confie de verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário