sexta-feira, 31 de agosto de 2012

As condições do amor

 Não implore o amor de ninguém. Não implore para vê-lo. Não finja estar com saudade. Se realmente existe amor, nada disso  será necessário.
 Então será que realmente houve amor entre a gente ?  Será que houve sinceridade? Será que tudo que você me disse era mesmo verdade? E todos os nossos momentos juntos?  Será que eles foram realmente doces e intensos? Tão doces e intensos que me fizeram chorar, chorar de saudade. Mas saudade de que? Saudade do iludido amor que eu sentia por você? Ou saudade da pessoa que você era pra mim, do significado que você tinha na minha vida?
 Não tente voltar atrás, não tente se desculpar. Porque "amar é nunca ter que pedir perdão". Você me iludiu e me fez acreditar em tudo, mas agora acabou.




Nenhum comentário:

Postar um comentário