sábado, 27 de outubro de 2012

Guerra e Paz

 Eu só queria paz, só isso... É muito? Quanto vale o amor? Quanto vale a felicidade?
Minha vida está me assustando, eles estão me assustando... Sinto pena, muita pena. Sinto medo, angústia. Eu só queria que tudo ficasse bem, que fossem amigos, felizes.
 Por que só eu vejo isso? Por que só eu estou implorando por um momento de paz? A guerra está declarada, não tem bombas nem armas, mas tem olhares e falta de palavras, tem a discórdia e o rancor, a raiva e a dor. Tenho vontade de por tudo isso no papel e colorir, tirar esse preto e branco que empesteou  minha casa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário