quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Tanto faz

 Talvez você tenha se cansado de mim, do meu papo furado e da minha doença, das minhas palavras vagas e sem razão, da minha tristeza que está fora de moda. Ou talvez foi a vontade que eu sempre tive de ser sua, quem sabe isso não te enjoou...
 Viu em outra algo melhor, pois que vá e não volte! Não sou uma mercadoria exposta em uma prateleira esperando alguém se interessar por mim. Não ligo se eu não te agrado, vivo muito bem comigo mesma.
 Quando se lembrar de quando me amou, lembrar a razão pela qual se apaixonou, estarei aqui. Estarei esperando por você e seu abraço caloroso, mas somente se lembrar, pois lembrará das qualidades e dos defeitos. Estarei aqui para te acolher em meu colo e secar suas lágrimas de saudade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário