terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Para refletir!

 Custa jogar o lixo no lixo? Custa ser gentil? Custa dar "bom dia" para o zelador e o porteiro? Custa ceder o lugar para quem precisa mais? Custa respeitar o espaço alheio?
A falta de educação das pessoas anda me assustando!
 Fulano vai no bloco, bebe, se diverte e joga a latinha no chão, tendo uma lixeira bem ao seu lado. Dias depois, cai uma chuva e o mesmo fulano tá chorando na TV, porque perdeu tudo em uma enchente. Pode parecer frio, mas eu não tenho pena. Toda ação tem uma reação. Todo mundo sabe que não se deve jogar lixo no chão por inúmeras razões, e mesmo assim joga. Então meu bem, arque com as consequências.
 Eu sei que falta o governo fazer a parte dele, mas será que se as pessoas fossem mais conscientes nesse assunto, o mundo não estaria bem melhor? Se cada um fizer a sua parte, já ajuda. Pequenas ações fazem sim a diferença, porque um fazendo pouco sozinho não adianta, mas vários fazendo pouco ajuda muito!

domingo, 6 de janeiro de 2013

Meu surreal conto de fadas

 Não é fácil esquecer alguém, a gente não pode simplesmente dizer ao coração "esse sai". Quem dera que fosse assim! Mas não é. Queria poder te expulsar de dentro de mim, mas eu ainda choro quando ouço aquela música, ainda penso em você quando vejo filmes de romance, ainda lembro de quando você me fazia cafuné e eu parecia estar em ouro mundo.
 Vai ver o problema sou eu, vai ver eu sou romântica e dramática demais. Sabe o que é? É que por um curto momento da minha vida pensei ter encontrado meu príncipe encantado, pensei que você fosse fazer parte do meu conto de fadas. Mas não,  o castelo desmoronou, o cavalo branco morreu e o príncipe virou sapo.