quinta-feira, 2 de maio de 2013

As nossas escolhas

 Quem disse que é preciso ser alta, magra e loira para ser a Barbie? Quem foi que disse que é preciso ter um namorado para se sentir bem? Quem foi que disse que para ser princesa tem que ter um príncipe?
 Estou em uma fase de auto conhecimento. Estou aprendendo a me amar do meu jeito, com minhas celulites e pontas duplas. Estou naquela fase de colocar salto alto para ir à padaria e maquiagem para ficar em casa. O meu relacionamento é com o meu "eu interior".
 Quando a liberdade bate na sua porta, não é fácil deixar ela sair, e não troco a sensação de ser livre por nada nesse mundo!  Tem algo melhor do que andar na rua se sentindo "livre, leve e solta"? Se sentindo linda e forte sem ninguém precisar te dizer isso? Para mim, não há preço que pague!
 A sociedade impõe muita coisa, todo mundo diz que a gente tem que namorar, casar e ter filhos. Mas e se eu não quiser? E se a companhia que eu escolher for a de 3 gatos e um cachorro? E se eu quiser morar com uma amiga e ver filme com o brigadeiro? Cada um faz a sua escolha, cada um sabe o que é melhor para si. Mas a maioria sofre influência da sociedade. "Porque a fulana está muito magra", "ta muito gorda", "nossa! Você não vai casar?", "Não vai ter filhos?" Precisamos ignorar muita coisa e ser feliz do jeito que a gente quer! O que importa é se realizar com suas decisões, o resto é só o resto...




Nenhum comentário:

Postar um comentário