terça-feira, 30 de julho de 2013

Insensível ou desprendido?

Me assusto com o que isso se tornou, algo vazio, sem significado, sem importância. Você não liga mais, não se comunica mais, não reclama mais... Eu sinto falta disso, sinto falta das conversas, e de como as coisas vinham na minha cabeça quando você falava. Sinto falta da voz que você fazia para me ouvir sorrir, de como a gente zombava das coisas e das pessoas.

Você se esqueceu mesmo de mim, tudo bem, fico até feliz que tenha superado, como eu superei. Mas não precisava sumir, sem dar notícias, dizer um “oi”, ou um “feliz aniversário”. 
Você dizia que eu significava tanto pra você, mas como alguém pode ser tudo isso para outro alguém e do nada não passar de um conhecido?

Talvez você tenha medo de se comunicar, medo de que eu ainda sinta algo por você, eu não sei... Mas fique tranquilo, assim como você, eu não sinto mais aquilo. Minha época passou, nossa época acabou. Nossa história já foi escrita e os créditos já estão rolando.


ps: o seu silêncio me assusta.








Nenhum comentário:

Postar um comentário